Os 5 pilares da Experiência do Usuário

mulher olhando gráfico flutuante

Experiência do usuário é um tema muito debatido ultimamente.
Mas o que significa isso? Quem é o usuário e o que significa ter uma experiência de marca?

Todas as interações e vivências que uma pessoa possui ao utilizar um produto ou serviço é o que chamamos de experiência do usuário. Os consumidores são os usuários, que interagem com as marcas e criam a cada contato um conjunto de sensações e sentimentos pessoais e únicos. Esse contato pode ser com produtos físicos, que conseguimos comprar em um ponto de venda e levar para casa por exemplo, ou digital, que baixamos de alguma app store e salvamos em nosso celular.

Cada vez mais essas interações são digitais, afinal nossa vida se acostumou a poder interagir diariamente com sistemas e plataformas online. O uso de aplicativos facilitou diversas situações e até mesmo transformou o jeito que realizávamos várias tarefas, seja ela despertar no começo do dia, cronometrar o tempo do almoço ou iluminar o livro em uma leitura rápida antes de dormir. Não tem como negar, hoje nossa vida está ON.

Quando uma interface digital é criada, ela precisa ter o sincero objetivo de criar uma solução que seja significativa e intuitiva pro usuário, buscando uma experiência com percepções e reações positivas. Pra isso, existem 5 pilares principais que precisam ser considerados ao criar uma plataforma interativa de sucesso.

Usabilidade

É o nível de facilidade proporcionada ao utilizar as ações disponíveis dentro de uma ferramenta. Ou seja, quando você quer fazer alguma coisa dentro dela, você consegue facilmente? É intuitivo? Ou são necessários minutos de procura para achar a sua resposta?

Credibilidade

A plataforma deve passar uma sensação de segurança, se esforçando para responder todas as possíveis constatações que o usuário possa ter ao utilizar suas funções. É importante ter um design livre de erros e que atenda as expectativas para não perder credibilidade.   


Acessibilidade

É necessário proporcionar um acesso facilitado ao conteúdo da plataforma, seja em celulares, tablets, notebooks ou qualquer dispositivo que hoje existe. É necessário se adaptar ao meio, pois nós utilizamos dezenas simultaneamente.

Funcionalidade

Se a plataforma cumpre o objetivo que promete solucionando os problemas dos usuários, ela é funcional. Se ela entrega o necessário, da maneira certa e dentro das expetativas, isso é valorizado e se torna importante, provocando assim a continuação da utilização do produto ou serviço por mais tempo.

Desejabilidade

No fim das contas, os usuários precisam desejar o produto ou serviço. As boas experiências são aquelas interações que satisfazem e proporcionam um sentimento de atração. Os atributos visuais são muito importantes nessa hora, pois todos gostamos de usar coisas agradáveis, bonitas e interessantes.  

Independente da plataforma digital, seja ela um app, site, blog, loja virtual ou qualquer outra ferramenta interativa, o objetivo deve ser proporcionar uma experiência de uso positiva para o maior número de usuários possível.

Esses tópicos destacados acima são apenas alguns dos pilares que formam a base da experiência do usuário, mas a verdade é que ela é composta por vários outros fatores e é praticamente impossível achar uma fórmula mágica. O que deve sempre ser feito é o constante estudo do comportamento humano através de suas vontades, preferências, hábitos e manias, pois só assim a tecnologia irá continuar evoluindo e facilitando a vida de cada um de nós.

Compartilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

© 2021. Todos os direitos reservados

Política de Privacidade

Abrir chat
Fale com a WeMetrics
Olá! Bem vindo à WeMetrics!
Como podemos te ajudar?